Não vamos cansar de repetir…

Fora Temer

141/366

Publicado em Desabafinho | Etiquetas , , , , | Publicar um comentário

Golpimpeachment

Nem tenho o que falar… :'(

golpimpeachment

140/366

Publicado em Desabafinho | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Meu querido diário…

querido diário

Nada como uma tirinha para tirar essa ‘nhaca’ de bad trip que entrei desde terça. Não, não passou ainda, mas vai passar, sei disso. E pra isso, achei uma boa publicar essa ilustração do Raphael Salimena, que matou a pau com essa tirinha. Eu ri muito, lembrando dos meus idos tempos de “escrevinhadora” de diário. ;)

Fico pensando no tanto de ofensa que recebo (principalmente no Facebook), uma vez que eu sou dessas que sempre tem uma opinião sobre tudo e não me furto a expressa-la. Aí já viu… Ingrediente perfeito para virar um belo alvo para todo tipo de ataque. Argh! Mas, como diria o velho ditado, quem tá na chuva é pra se molhar e vambora.

138/366

Publicado em Tirinha | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Da primeira vez em que me assassinaram

Da vez primeira em que me assassinaram
Perdi um jeito de sorrir que eu tinha.
Depois de cada vez que me mataram,
Foram levando qualquer coisa minha…

E hoje, dos meus cadáveres, eu sou
O mais desnudo, o que não tem mais nada…
Arde um toco de vela, amarelada…
Como o único bem que me ficou!

Vinde, corvos, chacais, ladrões da estrada!
Ah! Desta mão, avaramente adunca,
Ninguém há de arrancar-me a luz sagrada!

Aves da noite! Asas do Horror! Voejai!
Que a luz, trêmula e triste como um ai,
A luz do morto não se apaga nunca!”

MÁRIO QUINTANA

“Da vez primeira em que me assassinaram, perdi um jeito de sorrir que eu tinha. Depois de cada vez que me mataram, foram levando qualquer coisa minha”. É exatamente assim que me sinto hoje, Mário Quintana me desnudando a alma… 😥

Devastada, sem rumo e sem chão como eu não ficava há tempos, definitivamente, perdi um jeito de sorrir que eu tinha, perdi um jeito leve de ser que eu tinha. Perdi a esperança de ver florescer algo num terreno pra lá de infértil. Quintana me traduzindo e eu sem ter nada muito além disso pra dizer. </3

137/366

Publicado em Desabafinho | Etiquetas , , , | Publicar um comentário

Tristeza não tem fim, felicidade sim…

tristeza

Estou vivendo um momento tão difícil da minha vida, tão duro, tão doído, que estão me faltando palavras. Tomei uma punhalada na alma, no meio do coração, de uma pessoa que eu amo e admiro demais. Ouvi absurdos, palavras duras e muitas inverdades, que me atingiram em fundo no peito. Tá duro de engolir, tá duro de enfrentar e tá duro de botar isso pra fora em palavras.

É uma tristeza tão grande, tão profunda, que tá fazendo minha cabeça latejar desde ontem à noite. Mas por mais duro que seja, é preciso levantar a cabeça e encarar a nua e crua realidade da vida, onde as pessoas muitas vezes não correspondem à expectativa que a gente cria a respeito delas. :'(

136/366

Publicado em Desabafinho, Só acontece comigo | Etiquetas , , , , , | Publicar um comentário

Desejo do dia: fim definitivo das cólicas menstruais

cólica

Nossa, esse desejo é recorrente e se repete com muita intensidade mês a mês. Meu Deus do céu!!! Que coisa mais insuportável!!! Ainda mais num dia frio como o de hoje, parece que a cólica vem com força triplicada. =P

Há quase 25 anos esta é uma companheira mensal que vem me acompanhando implacavelmente. E não tem muito jeito de acabar com ela, tem os amenizadores (e olha que eu já tentei de tudo), mas nada que resolva o problema em definitivo: chá de louro, bolsa de água quente, cinta, Atroveran, Buscopan, Yoga, massagem, reflexologia. Mas resolver mesmo, de uma vez por todas, nada… =P

Eu só queria acordar em um mês, no primeiro dia do período menstrual e voilá… Nada de dor!!! Mas isso é quase uma utopia! Dureza!!! Mas a esperança é a última que morre. =P

135/366

Publicado em About me, Desabafinho, Desejo do Dia, Só acontece comigo | Etiquetas , , | Publicar um comentário

Apenas a verdade…

0 por cento humildade

Nem precisa falar mais nada, né! Tirinha do Adnael.

134/366

Publicado em Tirinha | Etiquetas , , , , | Publicar um comentário