Overdose

Sim, sim, sim, esse amor é tão profundo, você é minha prometida e eu vou gritar pra todo mundo, eu amo a Páscoa. Pra mim o melhor feriado que a Igreja Católica fez o favor de agregar ao seu calendário, lançando mão do sincretismo e que, independente da fé de cada um, tem um significado muito próprio (principalmente para as crianças): chocolate a torto e a direito.

E, desde pequena, eu herdei do meu pai essa paixão por essa iguaria feita do cacau – melhor legado que os Astecas deixaram para o futuro. Nos diários que meu pai fez pra mim, desde o dia em que nasci, desde muito cedo, com meses de idade ele relata a minha predileção por alimentos doces (que na época nada mais eram que frutas e mel) e o quão eu fui feliz depois de experimentar chocolate pela primeira vez.

Essa paixão (ou vício, como preferirem!) atravessou os anos e as décadas e me alcança aqui, aos 31 anos de idade e tão feliz e saltitante com a Páscoa, como ficava quando tinha 5 anos. A única diferença é que não fico na expectativa de conseguir ver o coelho. Mas a empolgação é a mesma, sem tirar nem por…

Tô aqui, contando as horas para chegar logo o domingo e eu poder me empanturrar de chocolate de todo o tipo. =9

A coisa é tão tensa que, em 1997, logo depois da Páscoa, travei na frente do computador e tive que ser levada ao hospital. A coluna estava totalmente travada. Diagnóstico: o ponto equivalente ao fígado tinha feito a coluna travar e isso aconteceu devido a uma intoxicação aguda por chocolate. Mas se alguém acha que isso me serviu de lição, se enganou. Sério, enquanto o fígado dos meus amigos ébrios está comprometido pelo abuso do álcool, o meu tá todinho reservado ao chocolate, é só dele e de mais ninguém. E o pior é que eu nem ligo…

Veremos o meu estado de saúde daqui uma semana – hehehehe – aguardem relatos futuros. =)

Sobre Tayra

"Eu não aceito o que se faz Negar a luz, fingindo que é paz A vida é hoje, o sol é sempre Se já conheço eu quero é mais"
Esta entrada foi publicada em Felicidade Partilhada, Saltitante com as etiquetas , . ligação permanente.

3 respostas a Overdose

  1. Vanessa diz:

    Hahahahaha! Eu to aqui lendo e a tag monstra ali ao lado mostra a palavra” MURPHY”, aquele senhor tão seu amigo!

  2. Suuu diz:

    Queessoooo!

    Dio miooo!

    Eu sou chocólatra, mas não chega a isso não!

  3. Pingback: Um ovo, dois ovos, três ovos assim… | Teia de Renda

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s