Domingos

Todo mundo tem seu momento Garfield quando a semana começa de ficar reclamando da segunda feira. Mas eu e o Thi, logo no começo do namoro, constatamos dentre as muitas das coisas que temos em comum é que o nosso dia de aversão era mesmo o domingo – mais especificamente o fim do domingo.

Domingo é bom porque é dia de comer pastel de feira com caldo de cana, de acordar tarde, de matar saudades da família, de assistir futebol (na TV ou no estádio). Mas aí, vai chegando o fim da tarde e vai batendo aquele bode de fim de domingo que pra mim é imbatível. Definitivamente é o pior momento da semana. Tem todo aquele cansaço acumulado que a gente não conseguiu aplacar com os dois dias do final de semana, e aí amanhã começa uma semana novinha em folha, com todos os seus cinco dias e muito trabalho pela frente. E o domingo vem com essa dubiedade, tem o começo do dia que é tão gostoso e o fim do dia que é completamente down. O domingo basicamente já acabou e a semana começa em uns minutinhos e lá vamos nós pra mais uma jornada cansativa. E eu nunca vi nada mais perfeito pra descrever como eu vejo os domingos do que essa tirinha.

366/36

Sobre Tayra

"Eu não aceito o que se faz Negar a luz, fingindo que é paz A vida é hoje, o sol é sempre Se já conheço eu quero é mais"
Esta entrada foi publicada em Desabafinho com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s