E tenho dito…

Como eu já disse nesse post, eu nunca digo te amo impunemente. Da mesma maneira, eu também não tenho por hábito ofender os outros gratuitamente. Por isso, quando eu falo, sai da frente, porque o que eu tô dizendo tá vindo do fundo da alma, com intensidade e verdade.

Já aprendi a engolir sapos com a vida, e vou te dizer que isso é uma arte, mas ainda não aprendi (e nem pretendo) a ser falsa e duas caras, por isso, se eu gosto eu gosto, se eu não gosto, sai de baixo. E aí achei essa imagem que é daquelas que fala mais que mil palavras, embora com palavras… ;)

366/67

Sobre Tayra

"Eu não aceito o que se faz Negar a luz, fingindo que é paz A vida é hoje, o sol é sempre Se já conheço eu quero é mais"
Esta entrada foi publicada em Desabafinho com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s