É primavera… Te amo…

Ah, Mafalda… Minha musinha, meu amor, a quem eu admiro desde pequena (quando ainda nem entendia o teor das tirinhas), mas já amava essa Contestadora, que sempre tinha uma resposta na ponta da língua. Quando estava maior, ela foi minha porta de entrada para conhecer o trabalho de Quino e alguns outros personagens e tirinhas fantásticos. Por isso, ela tinha que estar aqui nesse post sobre a primavera.

E não é que a primavera começa hoje, minha gente. Isso porque a vida inteira eu aprendi que a primavera começava dia 23 de setembro. Mais de dois/três anos pra cá resolveram que o começo da estação é no dia 22. Além do clima ter mudado, os “aniversários” mudaram também? Parece que sim, porque falando sobre isso no Facebook, o Thi postou o seguinte, que segundo ele, achou na Wikipedia:

As datas dos equinócios variam de um ano para o outro, devido aos anos trópicos (o período entre dois equinócios de março) não terem exatamente 365 dias, fazendo com que a hora precisa do equinócio varie ao longo de um período de dezoito horas, que não se encaixa necessariamente no mesmo dia. O ano trópico é um pouco menor que 365 dias e 6 horas. Assim num ano comum, tendo 365 dias e – portanto – mais curto, a hora do equinócio é cerca de seis horas mais tarde que no ano anterior. Ao longo de cada sequência de três anos comuns as datas tendem a se adiantar um pouco menos de seis horas a cada ano. Entre um ano comum e o ano bissexto seguinte há um aparente atraso, devido à intercalação do dia 29 de fevereiro.
Também se verifica que a cada ciclo de quatro anos os equinócios tendem a se atrasar. Isto implica que, ao longo do mesmo século, as datas dos equinócios tendam a ocorrer cada vez mais cedo. Dessa forma, no século XXI só houve dois anos em que o equinócio de março aconteceu no dia 21 (2003 e 2007); nos demais, o equinócio tem ocorrido em 20 de março. Prevê-se que a partir de 2044[3] passe a haver anos em que o equinócio aconteça no dia 19. Esta tendência só irá se desfazer no fim do século, quando houver uma sequência de sete anos comuns consecutivos (2097 a 2103), em vez dos habituais três.

Ou seja, se nem a Língua Portuguesa é a mesma da minha infância, porque minha noção básica de Geografia seria, né! Hahahaha. E agora que esse inverno com cara de verão acabou, eu confesso pra vocês – que já sabem que eu sou movida a energia solar – que eu amo mesmo as estações intermediárias, e adoro o outono e a primavera. Tem aquele solzinho lindo e gostoso que eu amo, e ao mesmo tempo, tem as temperaturas mais amenas (claro que tudo isso teoricamente, porque se no inverno fez quase 40 graus…) e na primavera ainda fica tudo mais coloridinho. Ai, ai, dá até um ânimo extra. Bom, já que a estação começou um dia antes do previsto (pelo menos por mim – hehehehe), vamos encarar o clima novo que deve chegar. E viva a Primavera!!! <3

366/238

Sobre Tayra

"Eu não aceito o que se faz Negar a luz, fingindo que é paz A vida é hoje, o sol é sempre Se já conheço eu quero é mais"
Esta entrada foi publicada em About me, Tirinha com as etiquetas , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s