Tudo de bom no dia de hoje… NOT

Teve um dia desses que surgiu uma reclamação que eu não tinha dado parabéns pra fulano, e eu me defendi que eu nem sabia que era aniversário da pessoa e rebateram com um: “não viu no Facebook” – meio que nos moldes da propaganda do 3G da Vivo. Acho que pra quem me lê por aqui, já deve ter notado o quanto eu sou transparente e sincera com meus atos e ideiais, então eu não vou ficar fingindo em redes sociais algo que não é verdadeiro. Eu comecei a usar o Orkut bem no comecinho da rede social, lá nos primeiros meses de 2004, na época que você tinha suas ações bem restristas e que se bobeasse era preso. Naquela época, como a quantidade de amigos e conhecidos na rede era pequena, eu tinha adotado a postura de parabenizar todo mundo que o Orkut me avisasse que fazia aniversário naquele dia. Assim como dava Feliz Natal para todos e agradecia um a um que me parabenizava. Ainda no Orkut as coisas foram mudando e eu precisei mudar junto, porque do contrário não faria mais nada dessa vida.

No Facebook eu tentei adicionar só aquelas pessoas que eu conheço ao vivo, ou que ao menos eu tenha um contato real via internet – seja por relações de trabalho, seja porque temos interesses em comum descobertos via comentários de Twitter, blog ou fóruns etc. Eu sei quem são as pessoas que estão na minha rede, se é alguém que eu nunca vi ou ouvi falar, mesmo tendo 200 amigos em comum, eu não aceito. Ainda assim, como na vida real, eu não sei o dia do aniversário de todos aqueles que me cercam. Sei das pessoas mais queridas e de quem eu gosto mais, e acho que isso é muito natural. Quando eu trabalhava fora, em quase todos os lugares sempre teve uma lista de aniversariantes do mês, que era afixada em algum mural. Isso porque é óbvio que não sabemos o dia em que todos os nossos colegas de empresa nasceram. Normal, não!

Aí eu decidi, desde o começo que no Facebook eu só daria parabéns praquelas pessoas que eu sei o dia do aniversário fora do mundo virtual. Não vou cumprimentar só porque o Facebook me avisou, porque, do contrário, eu não faço mais nada nessa vida. Um monte de gente me critica, acha isso radical, mas pôxa, eu já tenho pouco tempo hábil pra fazer as coisas que eu realmente gosto pra perder tempo com congratulações burocráticas.

Por isso, quando vi essa tirinha do Raphael Salimena na hora salvei, porque eu precisava posta-la aqui no Teia. Vejo gente que anda baseando a sua vida no Facebook e vivendo-o como se ele fosse seu único norte na vida. E aí acabam dando uma importância muito maior a tudo que acontece (ou não acontece) por lá. Portanto, se eu não te dei parabéns é porque, em nenhum momento você me disse o dia em que nasceu e eu me recuso a saber por um sistema de rede social. ;)

366/306

Sobre Tayra

"Eu não aceito o que se faz Negar a luz, fingindo que é paz A vida é hoje, o sol é sempre Se já conheço eu quero é mais"
Esta entrada foi publicada em Tirinha com as etiquetas , , , , . ligação permanente.

Uma resposta a Tudo de bom no dia de hoje… NOT

  1. Pingback: Cartões de Natal | Teia de Renda

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s