Eu repudio a atitude de ontem da torcida corintiana

corinthians

Sei que vou jogar querosene na fogueira, porque tenho muitos amigos corintianos, e porque sei que muito deles apoiam a atitude e acham que tá tudo certo, mas enfim, se eu não me pronunciasse não seria eu, não é mesmo… Pra começar, comentei isso com o Thiago, eu achei a coisa toda ridícula e maloqueira e independente de ser Corinthians, porque se fosse o Palmeiras eu acharia a mesmíssima coisa. Foi o comportamento em si que me chocou e não o time.

A Lelê, a quem eu admiro muito por sua postura política diante da vida, inclusive diante do time de futebol, estava defendendo os torcedores de seu time e disse: “adoraria viver em uma cidade onde as pessoas se juntariam em 30 mil e não quebrariam nada. Mas se para isso estivermos privados do nosso direito de nos manifestar em espaços públicos, não topo”. E eu tenho que discordar, eu não acho que manifestação está diretamente ligada a quebra-quebra. Sou uma pessoa que aos 4 anos ia a passeatas pelas Diretas, participei de manifestação de cara-pintada, fui em várias manifestações grevistas com a minha mãe, que é professora, e, inclusive, estive na Paulista quando meu time foi campeão da Libertadores (e a torcida protagonizou um quebra-quebra da avenida e com isso eu não concordo e repudio, como já disse acima).

E ainda assim, não consigo entender o que aconteceu ontem em Cumbica, ninguém tinha um propósito além de celebrar, de saudar seu time. Até aí, ok! Lindo! E para isso estar na porta do CT seria muito mais legal e mais adequado. Invadir o saguão do aeroporto e fazer tudo que fizeram, pra mim nada mais é do que maloqueirice sim, e juro por Deus, que seu tivesse pra embarcar ontem e desse de cara com aquilo, minha sede sanguinária viria à tona com toda a força e eu daria um jeito de entrar em contato com Abu Nazir pra mandar um homem-bomba pra Cumbica naquele exato momento.

Cumbica já é uma sucursal do inferno na Terra, nada funciona, filas sempre demoradas, roubo de tudo (desde estepe do carro até bagagem de quem fica desatento), isso sem nenhuma vírgula pra atrapalhar ainda mais. Agora imagina ontem, com 30 mil nêgos que nem embarcar iam… Aquilo não tinha nenhum propósito político, não era pra cobrar uma passagem mais barata pro Japão, nem nada do gênero. Eles deviam estar achando que estavam fazendo uma festa e ponto, mas qualquer um, olhando a foto ali em cima, pode notar que tudo ultrapassou o limite de festa e de bom senso e virou um tumulto. Inclusive até bomba foi solta.

As aspas abaixo são do G1, que curiosamente é da Globo, corintiana até a alma, que transformou o jornal local de ontem em um noticiário exclusivo do time e só falou disso, com correspondente na Gaviões, no CT e no próprio aeroporto. “Após a entrada do ônibus na pista do aeroporto, os corintianos se deslocaram para o saguão e “decoraram” o local com faixas e bandeiras. Apesar da manifestação pacífica por parte da maioria, alguns torcedores soltaram bombas e dispararam jatos vindos de extintores de incêndio. A trilha sonora da festa teve o hino do Corinthians e músicas alusivas à queda do Palmeiras para a Série B do Campeonato Brasileiro”.

Jura mesmo que vocês vão legitimar gente que solte bomba no meio do aeroporto? Não consigo conceber que alguém ache isso correto, mesmo o caos sem bombas em que se transformou o saguão. Comemorar é lindo, é fantástico, tumultuar é totalmente diferente, e isso eu nunca vou achar certo. Queria saber quem é que vai arcar com todos os prejuízos? Incluindo todo o dano material causado ao aeroporto, o tanto de gente que perdeu voo porque não conseguiu embarcar a tempo e por aí vai. É uma situação tão lamentável que, de coração, eu não consigo entender quem defende isso.

Acho fantástico comemorar, celebrar, dar suporte, seguir o time até o outro lado do mundo, mas eu acho que pra absolutamente tudo nessa vida tem limite, e o que aconteceu ontem ultrapassou todo e qualquer limite. Enfim, desabafei…

366/316

Sobre Tayra

"Eu não aceito o que se faz Negar a luz, fingindo que é paz A vida é hoje, o sol é sempre Se já conheço eu quero é mais"
Esta entrada foi publicada em Desabafinho com as etiquetas , , . ligação permanente.

3 respostas a Eu repudio a atitude de ontem da torcida corintiana

  1. laila diz:

    Eu adoraria viver em uma cidade onde as pessoas se juntariam em 30 mil e conseguiriam comemorar e/ou protestar sem ter que pra isso danificar o espaço ou machucar outras pessoas… Sinceramente, lamentável.

  2. Tayra,
    Muito legal que vc tenha se colocado desta maneira. Leio você porque gosto do seu estilo e de seus posicionamentos. Concordo com suas palavras, sem tirar, nem por.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s