Querido Papai Noel – por Bianca Lemos

Papai Noel

Querido Papai Noel,

Eu nunca acreditei em você. Não posso mentir, né? As coisas em casa eram sempre tão complicadas e feias, que eu achava que se você existisse de verdade, devia dar um jeito de tudo ficar melhor. Não fique bravo, não é nada pessoal, eu também nunca acreditei em super-heróis pelo mesmo motivo. Eu não queria brinquedo, só queria um pouco de paz na minha família. Aos 8 anos eu desisti de vez de esperar ter um Natal bom e ainda resolvi estragar o das minhas primas, dizendo que você não existia. Não foi realmente de propósito, mas é que eu não sabia que elas ainda acreditavam em você. Elas choraram muito e eu fiquei com um pouco de pena, mas achava (como uma típica mini-adulta), que saber a verdade seria o melhor para elas.
Mas, muito (muito mesmo) tempo depois daquela noite, esse ano tem sido tão especial e estranho e único, que sinto ter de volta aquela alegria de quando eu era bem pequenininha e ainda restava um fiozinho de esperança de que tudo ia ficar bem. 2012 não foi fácil, estou completamente sozinha agora, terminei uma relação de 6 anos, não tenho mais família por perto, mas, ainda assim, tudo parece tão novo e promissor agora que estou cuidando de mim, que finalmente consigo sentir a tão famosa mágica do Natal. Talvez eu tenha precisado passar por um caminho muito difícil para ver essa magia, mas agora consigo enxergá-la e até entender que nem tudo é como queremos, mas no final as coisas dão certo para quem se comporta bem, mesmo que demore muito pra isso acontecer.
Como tenho sido uma boa menina, que tal tratar de compensar aqueles anos em que eu não pedi nada? Em vez de um presente grandão, quero pequenos pedacinhos diários de felicidade para me sustentar até o próximo ano. Para que mesmo naqueles dias em que tudo pareça terrível, eu consiga dar um sorriso, lembrar de você e agradecer pela vida!

Bianca

A Bianca também é leitora aqui do Teia de Renda e me disse que mesmo lendo sempre o que eu escrevo, mas como ela acha que é muito pessoal, nunca se sente a vontade o suficiente pra comentar. Só que com as cartas pro Papai Noel ela sentiu que a oportunidade de participar aqui do blog tinha surgido. E eu amei o pedido dela, porque acho que tudo que todo mundo mais quer é vários pacotinhos de felicidade pra conseguir seguir o caminho de um novo ano que começa. Espero que o Papai Noel já esteja pronto pra atender o pedido dela. ;)

366/327

Sobre Tayra

"Eu não aceito o que se faz Negar a luz, fingindo que é paz A vida é hoje, o sol é sempre Se já conheço eu quero é mais"
Esta entrada foi publicada em Cartas para o Papai Noel com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s