Recarregando as energias

primos

Não sei se estou ficando velha, mas o fato é que no ano de 2012 eu notei que a cada dia passado eu fui ficando mais e mais emotiva. Como diria Zeca Baleiro, “ando tão à flor da pele que qualquer beijo de novela me faz chorar”. Sério, tem horas que acho que estou vivendo uma enorme e duradoura TPM – hehehe. Só o Thiago mesmo pra me aguentar.

Por conta disso eu tenho me cercado de gente que me ama e me faz sentir amada (e olha que, no meu atual estado de espírito, isso tá bem difícil, mas acho que já iniciei o processo de virar a página…). Mas uma boa pedida é estar ao lado da família. E o bom é que essa época de fim de ano, de festas de Natal, é poder estar sempre perto deles. Aqui em casa, na família da minha mãe, somos em 10 primos, mas um mora em Salvador e outro sazonalmente em São Paulo ou Lisboa (no momento ele está lá do outro lado do oceano), e os outros oito moram por aqui mesmo. Porém, cada um com uma rotina insana que impede que nos vejamos com a frequência que deveríamos (e gostaríamos), até mesmo as caçulas com seus 13 anos já tem compromissos próprios, ensaios (uma vez que fazem parte do Coral Palavra Cantada e sempre estão comprometidas com shows, aulas, treinos e afins). E aí, como todo mundo bem sabe, acabamos nos deixando engolir pela rotina e acaba sobrando pouco tempo para estar ao lado da família. É triste, mas é um fato.

primoscomvó

Mas ao menos nos aniversários e no Natal a gente dá um jeito de se encontrar, de estar junto, de rir, falar besteira e aproveitar um pouquinho de tempo que temos um ao lado do outro. A família vai crescendo, eu já acrescentei o meu Thiago e a Quê veio com o dela (esse sem H). Logo mais os mais novos começam a trazer seus agregados, mas a Família Silva é que nem coração de mãe e sempre tem espaço pra mais um. E o Téo (que nunca tá presente, por conta dos 2.000 quilômetros que nos separam) já acrescentou duas pequenas pra turma: a Luiza e a Julia (respectivamente com 7 e 2 anos).

Uma das coisas boas que me aconteceram em 2012 foi poder estar mais próxima deles todos e de ter transformado a minha casa no novo point para encontros familiares, de ter recebido o Kim e o Rá para jantar aqui (e comer pudim flan-flan), de ter a Lana e a Raíssa como hóspedes em alguns feriados, e de ter sempre as portas abertas para receber qualquer um deles que queira aparecer. E estar cercada pelo amor, carinho e boa energia que todos eles me trazem. São essas coisas que mostram que, apesar de todos os tropeços, de todas as dificuldades que se apresentam, a vida vale muito a pena. ;)

366/361

Sobre Tayra

"Eu não aceito o que se faz Negar a luz, fingindo que é paz A vida é hoje, o sol é sempre Se já conheço eu quero é mais"
Esta entrada foi publicada em About me, Felicidade Partilhada com as etiquetas , , , . ligação permanente.

2 respostas a Recarregando as energias

  1. Pingback: Meme: 12×13 | Teia de Renda

  2. laila diz:

    você tá muitooooo magra na primeira foto!!!!! arrasou!!!!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s