“Hoje é o dia do bolo de reis”

Reis Magos

Por mais infame que seja essa paródia, todo dia 6 de janeiro, enquanto bato a massa do bolo, fico cantarolando essa minha versão para o clássico A Festa dos Santos Reis, de Tim Maia – hahahaha. Quem me conhece sabe que aqui em casa já é tradição, né?! Já partilhei duas vezes aqui a receita do Bolo de Reis que eu sempre faço.

Sempre conto que nos países latinos (tanto da América, quanto da Península Ibérica), é hoje o dia que a criançada ganha seus presentes, e não no dia 24 ou 25, uma vez que foi só no dia 6 que Jesus recebeu seus presentes dos Reis Magos. E faz todo sentido, né! Até brinquei com a minha mãe que acho que vou parar de celebrar o Natal, porque dar presente no dia 6 é muuuuuuuuuuuito mais econômico. Todas as lojas já estão em promoção, os panetones já estão em leve 2 e pague 1, e o preço do peru já despencou. Muito melhor, né!!! Hehehehehe

Mas por aqui, só é dia de desmontar a árvore mesmo, né?

árvoredenatal

A minha tirou férias, até dezembro, e vai descansar por 11 meses. E eu aproveitei pra recolher os enfeites das portas do apartamento, os novos Papai Noel palmeirense e corintiano, e deixar tudo guardadinho até o fim do ano.

Mas mesmo na correria insana que se revelou esse começo de ano (Insha-Allah!), eu não poderia deixar de tirar um tempinho do meu dia pra fazer o já tradicional Bolo de Reis da Família da Silva Vasconcelos, e já tem uns anos que essa incumbência é minha (e eu adoro, diga-se de passagem). Meus pais e meu irmão vieram pra cá, minha mãe foi a primeira a cortar o bolo e nada de medalhinha pra ela, eu em seguida e nada. Depois foi meu pai, nadica de nada. Thiago na sequência e sem medalhas para ele também. Taygoara relutou, porque não tava muito na vibe de comer bolo, mas o apelo da tradição falou mais alto, e ele cortou. Mas nada da medalha aparecer.

bolodereis2016

Eis que cedendo um apelo da vizinha e afilhada, Mayara, fui até a casa dela levar um pedaço de bolo, e como a sorte que sempre a acompanha não poderia deixar de se fazer presente, é claro que a medalhinha saiu no pedaço dela. Já brinquei que quero participação nos lucros que essa medalha pode render – hehehehe.

Agora é esperar 366 dias até o próximo 6 de janeiro, e torcer pra que a sorte me sorria no ano que vem. ;)

5/366

Sobre Tayra

"Eu não aceito o que se faz Negar a luz, fingindo que é paz A vida é hoje, o sol é sempre Se já conheço eu quero é mais"
Esta entrada foi publicada em About me, Felicidade Partilhada, Receitinhas com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s