Cinco coisas

Cinco Coisas

Hoje de manhã a Ju Ramil me enviou essa imagem – vale lembrar que, mesmo estando do outro lado do Atlântico, diariamente eu acordo com mensagens fofas da Ju no meu celular e que as recebo e guardo com todo carinho. <3

Muitas delas me levam a uma reflexão e hoje não foi diferente… Porque parei e fiquei pensando que a Tayra de hoje é uma Tayra muito diferente da de 10 anos atrás, é mais segura, mais auto-confiante, e tem muito mais auto-estima. Por isso pensei, vou tirar de letra listar cinco coisas que eu ame em mim mesma. Mas, pôxa vida, que coisa difícil!!! E isso porque, por mais que a gente goste do nosso todo, cheio de defeitos – afinal de contas, como diria Clarice Lispector, “nunca se sabe qual defeito sustenta nosso edifício inteiro” – aquela maledeta modéstia que tanto vão incutindo nas nossas cabeças ao longo da vida toda, vai impedindo que a gente se auto-elogie, se auto-admire. E aí, na prática, deixar a modéstia à parte é bem mais difícil do que se pensa.

Por isso, esse exercício me custou um bom tempo, muito mais do que eu supunha que custaria, e achei bacana compartilhar isso com vocês e chamar pra todo mundo pra essa reflexão e para pensar a respeito daquilo que ama em você mesmo.

• 1 – meu nariz – eu já contei aqui em outros momentos o quanto o meu amor pelo meu nariz foi um longo processo de aceitação, mas hoje, definitivamente, ela é a minha parte física de que eu mais gosto.
• 2 – minha dedicação àquilo que eu quero – pra mim nada serve se for feito pela metade, eu sou das que sou movida a paixão, então me entrego, mergulho de cabeça e dou meu sangue por absolutamente todo e qualquer projeto em que eu me envolva.
• 3 – minhas unhas – outra herença genética do meu pai – hehehehe – eu amo minhas unhas que tem um formato bem quadradinho, simétrico e são bem resistentes, não quebram com facilidade. Adoro!!! =D
• 4 – meu senso de justiça – eu tenho uma porrada de defeitos, mesmo!!!! Mas se tem algo que eu não sou é injusta. Primeiro porque eu tenho muita empatia, faço esse exercício diário de me colocar no lugar do outro, de tentar entender outro ponto de vista e assim, compreender as atitudes do outro. Por isso, eu sou uma pessoa justa, que tenta praticar a justiça em todas as instâncias.
• 5 – meus olhos – sim, eu sou vesga (e isso já me incomodou muito), mas eu adoro o formato dele, adoro a cor que tá num meio do caminho entre o castanho e o mel. E amo o fato que ele muda de tom conforme meu estado de ânimo, sem falar que é mais do que sabido que os olhos são o espelho da alma, então adoro saber que os meus transparecem além do normal.

Contem aqui nos comentários as cinco coisas que vocês amam em vocês. ;)

133/366

Sobre Tayra

"Eu não aceito o que se faz Negar a luz, fingindo que é paz A vida é hoje, o sol é sempre Se já conheço eu quero é mais"
Esta entrada foi publicada em About me com as etiquetas , , , , , , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s