Reflexão quarenteneira

É aquela coisa meio Zeca Pagodinho: “deixa a vida me levar”. Às vezes a gente fica tão calcado no conhecido, na zona de conforto, que não se permite ver o que de novo está chegando e que o novo pode ser incrivelmente bom. Então, se está acabando, deixe acabar. Se está pronto pra partir, deixe ir. E abrace o novo, deixe que venha, se apresente e te conquiste. ;)

54/366

Sobre Tayra

"Eu não aceito o que se faz Negar a luz, fingindo que é paz A vida é hoje, o sol é sempre Se já conheço eu quero é mais"
Esta entrada foi publicada em 366 posts, quarentena, Reflexão do Dia. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s